Faço como posso não como quero | Do as I can not as I want

performance / performance ; 2012

Ação em que estou preso a uma corda que passa por um sistema de roldanas, e é fixada a uma pintura que retrata a perspectiva de uma estrada. A ação se inicia quando eu escrevo na parede da sala o texto “História Natural” do Plínio o Velho, sustentando o peso da pintura. O texto é um dos primeiros relatos sobre pintura da antiguidade. Para chegar até a parede, e escrever o texto, a pintura é içada, e eu sustento seu peso até me cansar e recuar para trás. Ao recuar a pintura bate no chão e começa a quebrar. A performance acaba após conseguir redigir o texto por completo.

---------------------------------------

Action in which I am attached to a rope that passes through a pulley system, and is attached to a painting that depicts the perspective of a road. The action starts when I write the text “Natural History” by Plínio o Velho on the wall of the room, supporting the weight of the painting. The text is one of the first accounts of painting in antiquity. To get to the wall and write the text, the painting is lifted, and I support its weight until I get tired and retreat back. As the paint recedes it hits the floor and starts to break. The performance ends after being able to write the text completely.