Escola sem partido | School without party

2017

ação e instalação / action and installation

Antes da ação se iniciar visto uma máscara de gás com um microfone acoplado, ligado em distorções de guitarra e a dois amplificadores, posicionados em lados opostos da sala. Uso um cinto preso a uma corda que passa por uma roldana colocada no teto, a outra ponta da corda está amarrada a um feixe igual ao símbolo fascista, feito com bastões de madeira e uma lamina de machado, pesando em torno de 80 quilos. Uma lousa é posicionada na parede a minha frente. A performance se inicia quando eu começo a tentar dar uma aula sobre o golpe militar de 1964 no Brasil submetido a estas condições, quando me aproximo do quadro negro tenho que sustentar o peso do feixe, o que demanda um esforço físico, a minha voz é distorcida pelas distorções de guitarra transformando as palavras em ruído, e a máscara de gás com dois microfones acoplados, capta de maneira mais precisa o som da minha respiração, que vai se tornando mais intenso ao longo da ação.                                                                           

                                                                             ----------------------------------------------------------------------------------------------

In the wee hours of the morning of March 31, 1964, a military coup arose against the Brazilian government, which culminated in a military dictatorship that lasted 21 years. Under this regime, people were killed and tortured and any democratic participation abolished. No narrative has been properly elaborated on this dark period of the country’s history. In 2016 another coup happened, this time by conservative and religious parliamentarians who have adopted measures and created laws that threaten human rights and the democratic state - one of them entitled “school without party” which seeks to censor political and gender discussion in schools in order to prevent a supposed “ideological doctrine” of leftist groups and LGBT groups. The performance appropriates this name to discuss about this critical phase of the country. The artist tries to teach about the military coup tied to a fascist symbol that creates a resistance to his access to blackboard, while at the same time wearing a gas masque that suffocates him and distorts his voice, making his speech incomprehensible.